7 Problemas comuns de drenagem e como resolvê-los

Problemas de drenagem causam encharcamento e erosão de solo, danos às estruturas das edificações e contribuem para a proliferação de vetores. Saiba como resolvê-los

7 Problemas de Drenagem

Problemas de drenagem causam encharcamento de solo, causam danos às estruturas de edificações e contribuem para a proliferação de vetores. Fonte: Envato

A drenagem de águas pluviais é uma etapa muito importante em qualquer projeto da construção civil, pois evita alagamentos, erosões, deslizamentos e até doenças causadas pela reprodução de vetores. No campo, a drenagem melhora a saúde do solo e das plantas, melhorando a produtividade agrícola, reduzindo prejuízos e facilitando o trabalho dos agricultores.

Mas como saber se a minha edificação possui problemas de drenagem? Nesse caso, o melhor caminho é acompanhar o artigo a seguir até o final. Nele, listamos os principais sinais de que o seu quintal tem uma drenagem ruim e como resolver os mais comuns problemas de drenagem urbana de maneira eficiente. Confira!

 

Principais sinais de problemas de drenagem urbana

Ao contrário do que se imagina, você não precisa ser um especialista para descobrir se a sua casa ou apartamento possui problemas de drenagem. Felizmente (ou infelizmente), alguns sinais te ajudam a perceber acúmulo de água em seu terreno, como por exemplo:

  • Solo encharcado com formação de poças d’água;
  • Erosão;
  • Paredes com umidade e infiltrações;
  • Reprodução de mosquitos;
  • Plantas que não se desenvolvem.

Prestar atenção nesses sinais possibilita que você possa agir de maneira rápida para evitar danos estruturais em sua residência, danos ao seu jardim, doenças causadas por água estagnada entre outros problemas.

 

Problemas de drenagem: conheça os 7 mais comuns e saiba como resolvê-los

Um bom serviço de manejo de águas pluviais não envolve apenas instalar tubos de drenagem no solo para desviar a água para outros locais.

Apesar de essa ser uma maneira muito eficaz de controlar o excesso de umidade do solo, existem outros fatores que em conjunto são capazes de diminuir o impacto das águas das chuvas em sua casa. Não observá-los, inclusive, causa diversos problemas de drenagem, que comprometem a estética e a estrutura da sua residência e colocam a vida dos moradores do local em risco.

 

1. Calhas instaladas corretamente ou sem manutenção

As calhas captam água do telhado, evitando que a água da chuva escorra pela parede da residência e estrague a pintura e o reboco da edificação. Além disso, as calhas impedem a erosão do solo causada pelos pingos d’água e evitam que a água fique acumulada ao redor da fundação da casa, o que pode comprometer seriamente a estrutura da residência.

O mais comum problema de drenagem nesse caso acontece quando as calhas não estão conectadas corretamente a tubos de drenagem para conduzir a água para longe da residência. Além disso, é muito comum o entupimento das calhas, seja por folhas de árvores ou por objetos lançados sobre o telhado.

Felizmente, resolver essa questão é muito fácil. A depender da origem do problema, basta conectar as calhas a tubos de drenagem para que conduzam a água até o sistema de águas pluviais da sua cidade. Caso isso já tenha sido feito, talvez a solução seja providenciar uma boa limpeza nas calhas.

 

2. Plano de drenagem inadequado

Antes de qualquer construção, um plano de drenagem para escoar adequadamente as águas pluviais do terreno se faz necessário. Entretanto, alguns proprietários ignoram essa necessidade, o que resulta em água acumulada no quintal ou no porão.

Para resolver esse problema, não tem jeito: é preciso investir em um novo sistema de drenagem.  De acordo com as características do solo, a drenagem pode ser superficial ou subterrânea, com o auxílio de tubos de drenagem. Mas, dependendo do caso, basta direcionar a água na direção correta para resolver o problema.

 

3. Terreno em declive

Outro entre os problemas de drenagem mais comuns é o excesso de água em terrenos em declive. Isso acontece quando você mora em um terreno mais baixo do que o terreno do seu vizinho, o que de certa forma facilita a entrada da água em seu quintal e consequentemente o deixa mais úmido.

Nesse caso, algumas soluções se mostram bem eficientes para controlar o excesso de umidade do solo. Uma delas é nivelar o terreno, que requer a contratação de profissionais especializados, materiais de construção e alto investimento financeiro.

Por outro lado, você também pode alcançar bons resultados construindo uma vala de drenagem para direcionar a água para um poço seco, por exemplo. A boa notícia é que essa é uma estratégia que custa muito mais barato e quando feita com tubos de drenagem de qualidade, pode durar mais de 60 anos.

 

4. Paisagismo mal planejado

Assim como o terreno em declive, jardins mal projetados também são considerados problemas de drenagem. Seja por causa de solo desprotegido, seja por causa de inclinação inadequada, um canteiro mal planejado pode direcionar a água para a estrutura da sua casa e oferecer prejuízos reais à sua residência.

A dica aqui é desviar a água para outro local, por meio de ralos franceses, valas de drenagem ou com soluções ornamentais como pedras e cascalhos.

 

5. Instalar tubos de drenagem perto de árvores ou em valas rasas

Esse é um dos problemas de drenagem que geralmente é atribuído a avarias nos tubos dreno, mas que nem sempre essa é uma verdade. Às vezes, os tubos de drenagem são instalados em valas rasas ou perto de árvores, o que facilita que as raízes das plantas invadam as perfurações dos tubos causando entupimento.

Resolver essa questão é relativamente fácil e em parte envolve trabalho mecânico. Em primeiro lugar, limpe os tubos, retirando todas as raízes deles. Logo depois, envolva os tubos de drenagem em uma manta geotêxtil, um produto que filtra partículas que podem entrar pelas aberturas dos tubos de drenagem e comprometer o escoamento de água eficiente.

 

6. Depressões da superfície

Além dos problemas de drenagem citados anteriormente, as depressões da superfície também favorecem que a água se acumule em regiões planas do solo. Assim como no caso dos terrenos em declive, você pode solucionar o problema nivelando essas depressões para facilitar que a água escoe para fora do terreno. Todavia, também pode investir em um sistema de drenagem subterrâneo para direcionar a água para uma bacia, poço seco ou para a rede de águas pluviais da sua cidade.

 

7. Tipo de solo

Por fim, mas não menos importante, é válido considerar que o tipo de solo do seu terreno é que está causando o seu problema de drenagem. A saber, existem três tipos de solo, cada um com as suas características permeáveis: argila, areia e silte.

De maneiras geral, solos argilosos, por exemplo, não drenam bem a água, enquanto solos arenosos escoam a água rápido demais. Já solos siltosos são um meio termo entre a argila e a areia, são menos sensíveis aos lençóis freáticos, têm boa aceitação de passagem da água e são fáceis de escavar.

 

Como a TechDuto pode ajudar a resolver os seus problemas de drenagem?

A TechDuto é uma empresa brasileira especializada na fabricação e fornecimento de tubos corrugados em PEAD (Polietileno de Alta Densidade) para diferentes obras. No caso de drenagem urbana, a marca possui as linhas de tubos para drenagem techdreno e techdreno DW, soluções eficazes para controlar o excesso de água em rodovias, ferrovias, campos esportivos, jardins e vários outros locais que necessitem de um projeto de drenagem eficiente.

Com relação aos tubos para drenagem techdreno, vale a pena destacar que eles possuem excelente capacidade de absorção, pois possuem aberturas laterais que absorvem maior quantidade de líquidos do solo. Além disso, são flexíveis e muito resistentes, ou seja, suportam o peso do solo sem comprometer a sua qualidade e fazem curvas sem necessidade de conexões.

Já os tubos dreno da linha techdreno DW são semi-flexíveis, possuem parede dupla e são mais resistentes, características que possibilitam menor altura de reaterro. Seu interior liso garante 30% a mais de capacidade de absorção de líquidos, promovendo uma excelente drenagem subterrânea.

Há ainda os tubos corrugados para drenagem normatizados, especiais para atenderem requisitos específicos. O techdreno SD é fabricado em conformidade com a NBR 15073, enquanto o techdreno NBR atende completamente a NBR 15073 e a DNIT 093/2016.

Independentemente do tubo corrugado para drenagem escolhido, é importante saber que eles são atóxicos e duráveis. Quando bem instalados, podem durar mais do que 60 anos sem necessidade de manutenções ou substituições, o que oferece à sua obra de drenagem mais segurança e confiabilidade.

Entre em contato com a TechDuto e conheça as nossas soluções em tubos corrugados para resolver os problemas de drenagem da sua construção. Desenvolvemos também linhas de dutos para drenagem personalizadas para o seu projeto. Acesse o nosso site e confira!