Por que é importante escolher o tipo certo de tubo em PEAD?

Tubos em PEAD são resistentes, flexíveis, fáceis de instalar e podem ser aplicados em diferentes projetos da construção civil. Saiba mais no artigo a seguir

Tubos em PEAD

Há um tubo em PEAD certo para cada projeto. Fonte: Envato

O setor da construção civil investe cada vez mais no uso de tubos em PEAD (Polietileno de Alta Densidade). Graças à alta resistência do material, esse produto é frequentemente aplicado em drenagem, sistemas elétricos e em especial no setor de telecomunicações.

Apesar da bom desempenho dos tubos em PEAD, nem todos são iguais. E mais ainda: não são todas as marcas que irão garantir a adequação às normas nacionais. Escolher o insumo certo aumenta a durabilidade da obra e a qualidade da construção.

Apostar em marcas nacionais reconhecidas é uma alternativa que a construção civil já está atenta. Por isso, é fundamental conhecer melhor sobre os tubos em PEAD, os seus tipos e qual a melhor escolha.

Características dos tubos em PEAD

Os tubos em PEAD possuem várias características que atraem o mercado da construção civil. Elas explicam facilmente porque são ótimos para projetos de energia elétrica (incluindo usinas fotovoltaicas e solares), saneamento, drenagem e telecomunicações.

Ductilidade e Resistência

Os tubos em PEAD são muito flexíveis. Ou seja, podem ser deformados até um alto ponto sem serem danificados, característica que é muito bem-vinda na construção.

Contudo, tenha em mente que toda essa flexibilidade não anula o fato de ser um material de longa vida útil. Só para se ter uma ideia, esses materiais podem durar até 75 anos. Isso, por sua vez, representa mais economia, já que os tubos não precisarão ser trocados a curto prazo.

Já sobre a resistência do PEAD, esta pode ser explicada na sua pressão nominal (tubos lisos) e compressão (tubos corrugados), que é o quanto de carga ele pode aguentar sem romper. O material atinge esse ponto com menor standard dimension ratio (SDR). Em outras palavras, isso significa dizer que o mesmo que o tubo PEAD não tenha um grande diâmetro, ele consegue resistir a altas pressões nominais (tubos lisos). Sobre os corrugados eles suportam grande carga de compressão.

Resistente à variação de temperatura

A versatilidade dos tubos em PEAD também se destaca quando o assunto é temperatura. Ele pode tanto ser utilizado em temperaturas extremamente baixas, como -20°C, quanto altíssimas, como 105°C.

Esses extremos são muito importantes para a construção civil e nem sempre são encontrados nos materiais. Por isso, os tubos podem ser utilizados no subsolo ou em construções expostas diretamente ao sol, chuva e vento.

Fácil de instalar

Facilidade traz agilidade, que é um dos requisitos mais procurados hoje na construção civil para otimizar os projetos. Os tubos em PEAD atendem essa demanda também, especialmente porque não exige mão de obra especializada para ser instalado.

Economia a longo prazo

Devido à alta durabilidade, que é superior ao concreto, os tubos feitos com PEAD se destacam na redução de custos. Quando se pensa a longo prazo, essa conta fica ainda mais positiva.

Na instalação, por exemplo, os tubos já justificam o investimento, pois exigem muito menos custo do que materiais semelhantes. Além disso, há menos custo para o seu transporte e também na contratação de mão de obra.

Sustentável

A sustentabilidade também é uma característica do PEAD. O material é reciclável, atóxico e não contamina o solo. Além disso, tem alta resistência química e por isso, evita vazamentos que podem atingir e contaminar o lençol freático.

Quando as empresas investem no uso de tubos em PEAD, acrescentam ainda mais valor à sua construção. Atualmente, a adequação às normas ambientais tem sido um pré-requisito obrigatório em todo país.

Eficiência hidráulica

Como possuem um baixo índice de rugosidade, os tubos em PEAD se destacam pela eficiência hidráulica. Para se ter uma ideia, o manning do PEAD fica entre 0,009 e 0,012. Por outro lado, o do concreto é de 0,013 a 0,017.

Novamente, essa característica também ajuda a diminuir os custos na hora de instalar o material. Ainda, há menos necessidade de escavar e criar reaterros como no uso de outros tipos de tubos maiores e mais pesados.

Tipos de tubos em PEAD para diferentes projetos

Tubos Corrugados

Tubos corrugados com parede dupla e grande diâmetro. Fonte: Envato

Conforme mencionamos anteriormente, os tubos em PEAD podem até parecer iguais, mas não são. Portanto, conhecer as características técnicas e diferenciais dos tubos disponíveis no mercado auxilia na melhor decisão para cada obra.

Telecomunicações

Um tipo de tubo muito comum para o setor de telecom é o techduto DW. Ele conta com duas camadas (uma externa corrugada e outra interna lisa e mais suave) e está alinhado com a NBR 15715.

Esse diferencial facilita a instalação de cabos e protege melhor os cabos de fibra óptica. No entanto, também pode ser utilizado para envolver os tubos lisos que separam os feixes de fibra.

E como se não bastassem todas essas vantagens, os tubos em PEAD para telecomunicações TechDuto também possuem resistência de 1.000N. Por isso, garantem menor altura de reaterro na instalação sem comprometer a segurança da obra.

Tubos em PEAD para drenagem

Já os tubos corrugados da linha techdreno foram desenvolvidos especialmente para drenagem subterrânea. Eles possuem alta capacidade de absorção e variam de 50mm a 250mm. Além disso, são flexíveis e por isso, dispensam o uso de conexões quando precisam fazer curvas.

Um diferencial importante do produto é a sua abertura lateral, feita justamente para absorver mais água do solo. Assim, o techdreno diminui os riscos de alagamento e oferece melhor controle da umidade e da erosão do solo.

Ademais, os dutos da linha techdreno também auxiliam no controle da salinidade do solo. Dessa forma, eles melhoram a produtividade agrícola em até 40%.

Outra linha de tubos em PEAD para drenagem é a techdreno DW. Ela conta com um interior liso que aumenta a capacidade de drenagem em 30% e é completamente atóxica.

Esse tipo de tubo é muito utilizado em rodovias, aeroportos e usinas fotovoltaicas, pois são 2x mais resistentes a esmagamentos. Além disso, possui uma área de abertura maior quando comparado a outros produtos similares, o que permite que o tubo absorva muito mais líquidos.

Tubos em PEAD para instalações elétricas subterrâneas

Alinhado com as normas ABNT NBR 15715 na versão NBR e EN 61386-24 na versão SD, os tubos corrugados em PEAD tem alta resistência à compressão e impacto. Só para exemplificar, a linha possui uma resistência à abrasão e flexibilidade até 25% maior quando comparada a outros dutos disponíveis no mercado.

Mas não apenas isso. Ele ainda tem mais capacidade de suportar menor altura de aterramento, o que agiliza a obra e proporcionando mais economia.

Usinas fotovoltaicas

Para atender uma nova demanda de usinas fotovoltaicas na América Latina, a Techduto lançou a sua nova linha de dutos UV. Disponíveis em diâmetros que variam de 20mm a 250mm, eles são reforçados, flexíveis, resistentes e possuem aditivo anti-UV, que protege os produtos dos raios ultravioletas, o que aumenta mais ainda a durabilidade deles.

Eles têm sido muito utilizados na infraestrutura de projetos elétricos de diferentes concessionárias de energia. Afinal de contas, protegem os cabos elétricos que ligam as placas solares à rede subterrânea de média tensão com segurança.

Tubos em PEAD lisos para mineração, saneamento e outras aplicações

Assim como os dutos corrugados, os tubos em PEAD lisos também apresentam diversas vantagens quando comparados aos tubos de ferro, cobre e PVC. Eles também possuem excelente flexibilidade, resistência a diferentes temperaturas e à abrasão mecânica e química. No entanto, possuem baixa densidade, o que permite que eles transportem diversos materiais gasosos ou líquidos acima da água sem a necessidade de flutuadores.

Graças a essas características, os tubos lisos de PEAD são muito utilizados em atividades com movimentação de fluídos, como atividades marítimas, de mineração, de captação de água e rede de esgoto. E por facilitarem a passagem de cabos, também podem ser usados em projetos de telecomunicações (passagem de fibra ótica) e instalações elétricas de baixa tensão.

A TechDuto tem o tipo certo de tubo em PEAD para a sua obra!

Conforme se viu ao longo do artigo, há um tipo ideal de tubo em PEAD para cada obra. E acertar nessa escolha impacta positivamente na economia do projeto, bem como sua durabilidade e resistência. Para isso, no entanto, é preciso conhecer as características técnicas de cada linha. Nesse caso, o melhor caminho contar com a TechDuto.

Presente no setor de dutos plásticos há mais de 30 anos, a TechDuto segue investindo em tecnologia e inovação para que os seus clientes tenham acesso aos melhores dutos corrugados do mercado.

Reconhecidos pela grande qualidade, os materiais da TechDuto estão presentes nas usinas fotovoltaicas Sobral e Sertão, no Piauí. A expansão do Metrô de Fortaleza foi outra obra de grande relevância que contou com a qualidade dos produtos TechDuto. Ao todo, foram mais de 140km de dutos utilizados na obra.

É claro que além destas obras, a TechDuto também já participou de outros projetos importantes para o país. Além do fator qualidade do material entregue, há também a facilidade logística: a empresa possui fábricas em São Paulo e Pernambuco, atendendo a diferentes demandas no melhor tempo possível.

Acesse o site da TechDuto e confira todas as soluções disponíveis para o seu projeto de energia elétrica, saneamento, drenagem, telecomunicações entre muitos outros.