Geotêxtil – A importância de escolher o corretamente

O geotêxtil é um tipo de tecido permeável utilizado há muitos séculos, ela proporciona mais resistência e segurança a diferentes projetos.

Geotêxtil

Manta geotêxtil é usada em diferentes projetos da engenharia civil. Fonte: Su at Polish Wikipedia, CC BY 3.0, via Wikimedia Commons

Atualmente, o geotêxtil tem aplicações variadas na engenharia civil, especialmente para estruturas de estradas, linhas férreas, túneis, fundações e sistemas de drenagem. Além disso, o material pode ser utilizado como proteção costeira ou em reservatórios graças à função protetora que possui.

Os seus benefícios devem ser avaliados em cada obra conforme as necessidades do escopo, mas se destaca de várias formas. Uma delas é a alta resistência aos raios UV, além de possuir fibras de alta tenacidade. Neste artigo você confere mais detalhes sobre o uso e as aplicações do geotêxtil.

O que é um geotêxtil?

De forma geral, o geotêxtil é um material permeável feito de poliéster (PET) ou polipropileno (PP). Também chamado de tecido de filtragem, ele é utilizado na construção civil, pois tem capacidade de filtrar, separar, drenar, reforçar ou proteger o solo ou outros materiais.

Além disso, pode ser encontrado no tipo tecido ou não tecido. Há também formas de geotêxtil tricotado ou reforçado, sendo que todos podem ser utilizados em uma variedade grande de aplicações.

O geotêxtil é utilizado desde quando era denominado apenas “tecido de filtro”. Quanto à sua criação, muitos acreditam que o primeiro fabricante do material foi R.J. Berrett, na década de 1950. Entretanto, a verdade é que a história é mais antiga do que isso.

Segundo estudos de historiadores, na época dos faraós o geotêxtil já existia e era muito aplicado. Ele foi fundamental na construção de rodovias para dar mais estabilidade aos trajetos. Ainda, acredita-se que foi o primeiro tecido têxtil utilizado pelos humanos na história.

Atualmente, podemos dizer que o geotêxtil está por todos os lugares na construção civil. Rodovias, obras portuárias, drenos, contenções de canais: esses são apenas alguns exemplos que é possível encontrar em abundância.

Geotêxtil tecido

Esse tipo de geotêxtil é fabricado a partir da união de vários tecidos que criam uma única forma comprida e uniforme. Com isso, o resultado é um produto final muito forte e excelente para ser utilizado na construção de estradas, ruas, estacionamentos e rodovias.

Embora esse tipo não seja o mais indicado para uma separação contra determinados materiais, tem uma resistência de destaque contra raios UV. Através dessas características protetoras, o material evita a degradação do material em pouco tempo. Além disso, diminuem os custos de manutenção do solo a longo prazo.

Assim como todo geotêxtil, ele cumpre as seis funções primárias: filtrar, drenar, separar, reforçar, proteger e ser à prova d’água. Por isso, em cada construção deve ser avaliado o melhor tipo conforme as necessidades da estrutura.

Geotêxtil não-tecido

O tipo não-tecido de geotêxtil é a sua forma manufaturada, feita a partir de fibras longas e curtas que são unidas por punção com agulha e outros métodos. Devido à maneira como é produzido, esse tipo é muito utilizado em sistemas de drenagens, separação, filtração e proteção do solo.

Apesar da sua fabricação diferente, se fabricado com os materiais corretos (sem algodão) ele não se decompõe rápido, com grande durabilidade. É o mais indicado para obras e projetos onde a quantidade de água será maior, pois tem uma capacidade de drenagem considerada superior. Ou seja, se a permeabilidade é necessária, esse é o geotêxtil ideal.

Monofilamento tecido

Além dos tipos que você conferiu acima, há o geotêxtil de monofilamento tecido. Ele é usualmente indicado onde é necessária uma combinação de alta resistência e filtração. Ele é feito de filamentos individuais que formam uma espécie de tela.

Nesse caso, os produtos têm tamanhos de aberturas que combinam com as características do solo. Graças a isso, eles são muito utilizados em sistemas de tapete de concreto articulado, por exemplo, ou abaixo da superfície de canais de drenagem de alto fluxo.

Spun Bound

Podemos definir o tipo de geotêxtil spun bound como aqueles de alta resistência, durabilidade e permeabilidade. Na sua fabricação, ele é fiado, laminado e aquecido, o que aumenta a sua resistência. Por essas características, é ideal para quando é necessário ter uma vida útil longa no produto, como em paisagismos e drenagem subterrânea.

Aplicações do geotêxtil

Logo acima você conferiu algumas das utilizações mais comuns do geotêxtil. Agora, dentro das seis funções básicas do material, você entenderá melhor como fazer o uso do melhor potencial dele.

Separação

Nesse tipo de aplicação, o tecido fica entre duas camadas de materiais distintos entre dois solos também distintos. É possível fazer isso entre uma construção do solo novo em um local onde há o pavimento antigo, por exemplo. Em alguns casos, a separação é utilizada para dar mais estabilidade, mas há diferenças entre as funções.

Estabilização

Na estabilização, o geotêxtil é aplicado no topo de outro material com alto grau de compressão. O objetivo do geotêxtil é escoar a água do solo macio para a drenagem, permitindo uma base mais confiável.

Reforço

Neste caso, o geotêxtil age como uma fonte de força e resistência para fortalecer a camada inferior onde é colocado. Essa aplicação é muito comum em encostas muito íngremes, quando é necessário um material de vedação e reforço.

Outro exemplo são os muros de contenção, que utilizam geotêxtil em sua estrutura. Construções em margens de canais e diques também usam o material para controlar a erosão hídrica.

Filtração

Similar ao uso do geotêxtil na estabilização, a aplicabilidade como filtro é principalmente para permitir que a água passe pela camada coberta. Assim, é possível remover a água evitando que partículas finas também passem. Com isso, é possível manter a integridade da drenagem.

Barreira de umidade

Ao contrário das aplicações acima, a barreira de umidade através do geotêxtil bloqueia a água ao invés de permitir a passagem. Isso é feito através de aplicação conjunta com uma suspensão asfáltica. Desta forma, o tecido se torna impermeável e pode ser utilizado em projetos como a reabilitação de pavimentos.

Drenagem

Na função de drenagem, o material permite coletar a água (ou gás) para depois levá-la ao longo do caminho em uma transmissão contínua. Um exemplo comum dessa aplicação é em ralos de chaminés ou de gotejamento.

Como escolher um bom geotêxtil?

O primeiro passo para a sua escolha é conhecer os diferentes materiais disponíveis, como fez ao longo deste artigo. Além disso, deve se atentar a alguns pontos importantes, como a experiência da empresa responsável pela fabricação do geotêxtil.

A TechDuto é uma empresa brasileira que fornece geotêxtil Bidim, marca conhecida pela alta qualidade dos produtos que fabrica. Além de unidades em várias regiões do país, o que facilita a logística, a TechDuto investe em tecnologia, inovação e custo-benefício para o seu projeto. Saiba mais!