Whatsapp 12 9.9155-3480

MOTIVAÇÃO E HISTÓRICO DA NBR 15715

A entrada em vigor da norma 15.715 veio para modernizar as normas anteriores que padronizavam o uso do duto espiralado corrugado em instalações de cabos elétricos e ópticos em redes subterrâneas, ao longo da faixa metro-ferroviária. Apesar da nova normatização, muitas empresas privadas e públicas adotaram-nas como requisito para redes subterrâneas em uso geral.

Ao longo do tempo, os consumidores perceberam que com a exigência do cumprimento por parte dos fornecedores sob as normas NBR 13.897 e NBR 13.898, havia sido estabelecido um monopólio, uma vez que essas normas favoreciam um único fabricante à época.

Mesmo com o aumento no número de fabricantes capacitados a oferecer dutos com excelente qualidade, esses fornecedores eram vetados a concorrer técnica e comercialmente devido a vigência dos requisitos das antigas normas NBR 13.897 e NBR 13.898.

Por essa situação ser contrária à concorrência comercial em igualdade de condições, houve uma solicitação por parte das empresas de energia elétrica e de seus fornecedores para a elaboração da norma 15.715.

Inicialmente, elaborou-se os seguintes projetos Normas:

  • 03:023.07-001 (direcionado a sistemas de dutos de polietileno para energia elétrica, para dutos de parede corrugada);
  • L03:023.07-002 (direcionado a sistemas de dutos de polietileno para energia elétrica, para dutos de parede lisa);
  • L03:023.07-003 (direcionado a sistemas de dutos corrugados de polietileno e acessórios, para a verificação da estanqueidade), sendo este último reprovado, em consulta pública nacional.

Sob a coordenação da Associação Brasileira de Tubos Poliolefínicos e Sistemas (ABPE) e supervisão da COBEI (Comitê Brasileiro de Eletricidade, Eletrônica, Iluminação e Telecomunicações), em 2006 criou-se uma comissão de estudos de eletrodutos para infraestrutura, formado por representantes de empresas de energia elétrica, de fabricantes de produtos afins, de fabricantes de matérias-primas, de associações e colaboradores, sob a identificação CE-03:023.07 que reativou a discussão sobre a unificação e elaboração de uma nova norma, a qual foi baseada no IEC (Internacional Electrotechnical Commission), sendo:

  • IEC 60614-1/1994 (Conduits for electrical installations – Specification – Part 1: General requirements);
  • IEC 61386-1/1996 (Conduit systems for electrical installations – Part 1: General requirements).

Norma criada a partir do padrão europeu de
qualidade de processos e produtos.

A comissão, em consenso, unificou os projetos de normas, denominando o projeto unificado resultante em: Projeto 03:023.07-001 – Sistemas de dutos de polietileno (PE) para Infraestrutura – Requisitos. Já em 2007, a denominação do projeto de Norma foi alterada para: Sistemas de dutos corrugados de polietileno de alta densidade (PEAD) para cabos de energia e telecomunicações.

Por fim, a indústria, o varejo e os consumidores finais de dutos corrugados ganham com a aprovação em julho de 2009 do projeto de Norma 03:023.07-001, o qual finalmente torna-se norma, sob a referência ABNT NBR 15715, com o título de Sistemas de dutos corrugados de polietileno (PE) para infraestrutura de cabos de energia e telecomunicações – Requisitos.

 

Fontes:

  1. Associação Brasileira de Normas Técnicas (http://www.abnt.org.br/);
  2. ABNT Importância (http://www.abnt.org.br/cb24/importancia.php).